18.2.05

Mouzinho da Silveira foi vizinho do Rotas...era um gajo fixe

msilveira
Secretário de Estado dos Negócios da Fazenda
Nasceu em 1870 e morreu em 1849 e era formado em direito pela Universidade de Coimbra. Com a retirada de Junot em 1808, é nomeado juiz em Marvão em 1810 e posteriormente transferido para Setúbal. De seguida é Provedor da Comarca de Portalegre. Aquando da revolta de 1820 no Porto, já tinha aderido aos ideais liberais foi Administrador-Geral das Alfândegas. Depois da Vilafrancada é nomeado Secretário de Estado dos Negócios da Fazenda em 1823. As forças absolutistas desenvolvem manobras e intrigas e na sequência da Abrilada é o próprio D.Miguel que o prende. Quando o Rei consegue sair do Palácio da Bemposta, com a protecção dos franceses, envia D.Miguel para o exílio e Mouzinho é finalmente libertado. O tempo passa D.Miguel regressa e pouco depois proclama-se Rei Absoluto o que leva Mouzinho, de novo, ao exílio. Posteriormente é chamado por D.Pedro a Londres para negociar e contrair os necessários empréstimos para expedição aos Açores, que integra a convite do regente D.Pedro. É nomeado mais uma vez em 1832 Secretário de Estado dos Negócios da Fazenda. É a partir desta data que inicia a transformação das instituições económico-financeiras. Depois da vitória do partido constitucional é ele que faz a abolição dos dízimos e direitos reais, revoga impostos e monopólios, suprime muito das regalias de comendadores e dos eclesiásticos, suprime também os ofícios hereditários, estabelece a liberdade de ensino e de consciência marcando definitivamente a vida e o futuro dos portugueses.

Sem comentários: